segunda-feira, 6 de agosto de 2012

COB fala em 30 medalhas na Olimpíada do Brasil

Arthur Zanetti surpreendeu ao conquistar o ouro para o Brasil na ginástica
O Comitê Olímpico Brasileiro está alheio às criticas feitas ao desempenho dos atletas nacionais nos Jogos Olímpicos de Londres. O superintendente executivo de esportes do COB, Marcos Vinicius Freire disse que as metas estabelecidas inicialmente estão sendo cumpridas e que ele espera 15 medalhas na Olimpíada de 2012, sendo entre cinco e seis de ouro.

Para 2016, no Brasil, Freire garante que os investimentos feitos no esporte nacional geram a expectativa de dobrar o número de medalhas de Pequim. “Conquistamos 15 na China e temos estudos que apontam o dobro desse número no Rio de Janeiro. E isso não é chute”, declarou Marcus Vinicius, ex-jogador de vôlei e medalha de prata nos Jogos de Los Angeles, em 1984.


Segundo o dirigente, o Brasil pode ficar em 10º lugar no ranking geral da próxima Olimpíada. No retrospecto, o País já foi 15º em Antuérpia (1920) e 16º em Atenas (2004). O jornal USA Today aposta em seis medalhas de ouro para o Brasil nesta edição dos Jogos.

Nenhum comentário: