quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Amistoso improdutivo

Kaká retornou à seleção brasileira para os amistosos de outubro
A seleção brasileira vai enfrentar nesta quinta, às 15h30, um adversário esfacelado pela guerra. Técnico do Iraque, Zico disse que às vezes precisa parar o treino por causa de conflitos entre jogadores com posições políticas diferentes. Ou seja, do ponto de vista técnico, a partida não será nada produtiva para o técnico Mano Menezes.

A queda no Ranking da Fifa e as críticas pesadas da imprensa ao trabalho de Mano diminuíram a qualidade dos adversários da seleção. Nos últimos amistosos, o time enfrentou times de qualidade duvidosa, como a China, por exemplo, goleada por 8 x 0 no Recife. O problema é que esses jogos podem maquiar as dificuldades do escrete, que vão ser expostas ao público em competições oficiais.

Em 2013, um ano antes do Mundial no Brasil, a seleção vai enfrentar adversários qualificados na Copa das Confederações. Uma campanha ruim pode aumentar a onda de descrédito na seleção e atingir também a Copa do Mundo.

A bola da vez na seleção é o meia Kaká, que conviveu com uma série de lesões desde o Mundial da África e atuou neste ano apenas por 130 minutos. Desesperado, Mano espera que o meia preencha uma lacuna aberta na seleção desde a queda física de Paulo Henrique Ganso. Com 30 anos, o jogador do Real é uma esperança do treinador, mas seu histórico recente joga contra o atleta.

Nenhum comentário: