sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Histórias sobre o título do Galo de 71

Telê pagou promessa após a conqusta
A massa alvinegra tem mais uma ótima opção de leitura. Depois de um longo trabalho de pesquisa, o jornalista Marcelo Baêta vai lançar o livro “1971 – O ano do Galo” na próxima quinta-feira (06), na capital mineira. O evento está marcado para as 19h (de Brasília), na Livraria Leitura do BH Shopping.

No livro, Marcelo detalha como foi a caminhada do Atlético-MG durante o Brasileiro de 71, quando Dadá Maravilha, Telê e Cia. conquistaram o título mais importante da história do clube.

Telê

Um dos pontos altos da obra é a história que envolveu o técnico Telê Santana e o policial rodoviário Vitório Manzali. O treinador tinha feito uma promessa para ir a pé de Belo Horizonte a Congonhas caso o Galo conquistasse o título. Alcançada a graça, Telê iniciou a caminhada, mas, depois de alguns quilômetros, não suportou o cansaço e pegou uma carona no carro da PRF até a igreja. 

Ótimo momento

O Galo está classificado para a Libertadores e fechou nesta semana a renovação do contrato do ídolo Ronaldinho Gaúcho. Domingo (02), a equipe faz o clássico contra o Cruzeiro com a missão de ultrapassar o Grêmio e fechar o Campeonato Brasileiro na segunda colocação.

 

Um comentário:

Maria disse...

Parabéns a Marcelo pelo lançamento do livro-documentário. Ao amigo querido Inspetor Manzali, da PRF, parabéns também, por ter feito parte desta história de lutas e conquistas do clube alvi negro.